quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Caso David Goldman

Assista no Youtube

Em 16 de Junho de 2004, David Goldman se despediu de seu filho Sean, no Aeroporto de Newark. Ele não sabia que naquele momento sua esposa Bruna estava sequestrando Sean e o levando ao Brasil, sem intenção de retornar. Nos Estados Unidos, isso é denominado SEQUESTRO. No Brasil, isso foi chamado de "desejo maternal." Por quatro anos David tem lutado incessantemente contra o Sistema Judiciário brasileiro para ganhar a custódia de Sean e trazê-lo de volta para casa, em Tinton Falls, Nova Jersey.

David está lutando a batalha de sua vida e tem batido de frente contra uma família poderosa e influente no Brasil, que tem feito tudo para evitar que ele e Sean vivam juntos novamente. David já tentou todas as opções legais disponíveis para ele tanto no Brasil, quanto nos Estados Unidos, a um alto custo emocional e financeiro. Após a inesperada e trágica morte de Bruna em 22 de Agosto, todos esperavam que David iria finalmente ver Sean e trazê-lo para casa. Infelizmente, ele está novamente no meio de uma batalha pela custódia de Sean, desta vez com o novo esposo de Bruna, JPD.

Estes últimos quatro anos tem sido longos e dolorosos para David Goldman. David foi e é, em todos os aspectos, um pai carinhoso e zeloso que não merece este tratamento. É cruel e injusto, uma verdadeira afronta a um ser humano. Basta: precisamos da sua ajuda para garantir que o governo brasileiro aja corretamente e devolva Sean de volta para casa e para seu pai. BringSeanHome.org foi fundado pelos amigos de David; toda ajuda e esforço será unicamente focada no objetivo de trazer Sean para casa.

David foi entrevistado por Meredith Vieira no Today Show, no canal NBC, quarta-feira dia 24 de Setembro. A texto da entrevista está "Dad battles for son taken to Brazil four years ago" no site do Today Show.

bringseanhome@yahoo.com

37 comentários:

Kleen disse...

Obrigado afixando esta história importante. Mais informação pode ser encontrada em www.bringseanhome.org Anote por favor que o marido novo, Joao Paulo Lins e Silva provocou uma ordem federal brasileira para o visitation. Este é um ultraje, especial à luz do fato de que o JP é um advogado que se especialize nos direitos familiares.

Lenhador disse...

Parabéns pelo post, este assundo deve ser divulgado mesmo.

Falando em divulgação, sugestão para acrescentar ao post: Video legendado em Português, de um programa da rede NBC, disponível no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=_jrpvV9xEFQ

Manfredo Henrique disse...

É lamentável que a mãe tenha falecido e o pai ter de brigar na justiça com o padrasto da criança para ter o filho a seu lado....

Lugar de filhos é ao lado do pai ou da mãe!!!

Manfredo Henrique disse...

Mais uma vez, nosso Phoder Judiciário, troca os pés pelas mãos!
Proibiu a imprensa de divulgar o caso. Será por correr em segredo de justiça ou pelo peso dos nomes envolvidos???
Devolvam esta criança ao pai!!!!!

onlytrue disse...

Tem como divulgar o veto do Poder Judiciário?

Manfredo Henrique disse...

http://www.conjur.com.br/static/text/71392,1

Aqui está!

Nandinha... disse...

Oi, ouvi falar do caso do senhor goldman a muito tempo atrás e ontem vi que nada tinha sido feito pelo site de um outro pai inustiçado o Senhor Luiz Fernando do Blog avidadomeufilho.blogspo.com, com isso e sabendo da ação que proibe a imprensa de relatar o caso, estou iniciando uma blogagem coletiva com o tema, vou começar a espalhar pelos blogs propodo a blogagem para o dia 20 de novembro, se puder contar com a ajuda de vocês para divulgar a blogagem agradeceria...

Obrigada.

Anônimo disse...

E se o silêncio do justiça tem a ver com o prórpio bem-estar da criança? Por que extamente Bruna fez o que fez? E tantas outras questões.
Há muitos buracos nessa história para tantas manifestções inflamadas contra ou favor qualquer um dos lados... A matéria da piauí inclusive fez um julgamento muito incisivo, mas na reportagem não deu conta das lacunas sobre o caso.

Anônimo disse...

O BRASIL DEU ORDEM PARA MANDAR O MENINO DE VOLTA AOS EUA...MASQUEM DISSE QUE O BRASIL TEM LEI????

AINDA O COITADO DO PAI FOI ATE AI PARA VER O FILHO E O OUTRO ANORMAL, PEGOU O MENIINO E FUGIU....

ENTAO O BANDIDO E O AMANTE...SERA QUE TA VENDENDO O MENINO????
SEM VERGONHA...

O PAI DEVIA IR AI E PEGAR O MENINO DE VOLTA NA MARRA...AI EU QUERIA VER QUEM IA TIRAR O MENINO DAQUI...

QTO AS LEIS DO BRASIL...SEM COMENTARIOS...ESSE VIERINHA COMO SE CHAMA,PODE SE ACUSADO DE SEQUESTRO, PQ ELE FEZ O PAI IR ATE AI PARA VISITA E SUMIU COM O MENINO..TEM MEDO DE QUE????
TEM MEDO DO MENINO DIZER O QUE ACONTECE?? ESTAMOS EM 2009,O COLARINHO BRANCO ACABOU.....

Tatiana disse...

Nos, brasileiros residentes nos Estados Unidos estamos dando nosso apoio a causa. A quem interessar, existe uma comunidade no orkut onde se esta discutindo o caso: http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?cmm=70742445

PATRICIA disse...

Até o falecimento da mãe 6 meses atrás, o que havia era a disputa entre um pai e uma mãe pela guarda do filho em países diferentes. Com o falecimento desta mãe, qualquer bom profissional de psicologia pode constatar que há plenas condições para a reintegração de Sean a seu lar original com seu pai e sem sua mãe, uma vez que tem apenas 8 anos de idade e recebeu mais tempo e dedicação do pai que da mãe em sua criação nos 4 anos primeiros anos de vida quando viviam os três juntos em família.
É imoral e sórdido que um homem que cuida desta criança sem a mãe há apenas 6 meses tenha a absurda pretensão de eliminar o verdadeiro pai de sua vida. Se pensa que por sua situação sócio-econômica poderá oferecer mais ao Sean que seu verdadeiro pai, isso é mais um sintoma de sua arrogância e desumanidade. Esta estirpe Lins & Silva se vê acima do bem e do mal. E é uma lástima que a justiça brasileira proporcione recursos para este disparate.

Anônimo disse...

O sean certamente estara melhor ao lado do pai do que aos cuidados de uma baba ou outro empregao que o JP possa contratar para mantêlo com ele. O chato é para os avos maternos do Sean que vao perder o neto pois este voltara ao US. O JP esta ganhando tempo pois sabe que daqui a pouco o Sean é que vai ter de escolher se fica ou vai.
O Sean deve estar ao lado de alguèm que REALMENTE o ame.

Anônimo disse...

Alguém pediu ao Sean o que ele quer? e como ele esta na cabeça dele?
Os Lins & Silva so estao preocupado com eles mais nao com o Sean. Eles nem sequer demonstram amor a ele, deixando o aos cuidados da baba. JP logo estara fazendo sua vida de noo, e a nova namorada dele....aceitara o Sean que nem filho dele é?!!!e ai poe se o Sean num aviao back to the US?
Os adultos que estao fazendo isto tem de pensar na criança e nao neles!!!

Gustavo disse...

Toda história tem sempre dois lados. O outro lado começa a aparecer agora.
Sem fazer juízo de mérito, é sempre bom não se deixar levar pelo que aponta um dos lados ou a mídia americana que não venderia anúncios com uma história diferente do que a que está sendo publicada.
Vejam o exemplo do que aconteceu com Paula Oliveira, onde conclusões precipitadas mostraram que muitos estavam enganados em seus juízos e a polícia estava certa.
Convido a conhecerem os dois lados e fazerem o seu juízo. Eu ainda não fiz o meu.
O lado do David acredito que já leram, vejam o outro aqui:
http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/02/27/disputa-por-crianca-teria-sido-motivada-por-dinheiro-754628872.asp

Anônimo disse...

Será que não se percebe que esse "bonitão" quer aparecer e achar uma chance na mídia??
Porque ele que quer tanto ver o filho, nunca aceitou vir ao país e visitar a criança???
Se pela via da Justiça tanto brasileira como americana não foi dada autorização para esse rapaz ter a guarda da criança, parece forçação de barra querer pressionar o Judiciário e criar uma campanha pela mídia que é boa apenas para divulgar a imagem desse garoto-modelo. Quem ama um filho não expõe a vida dele e sua imagem assim...
Tudo na fala desse rapaz transparece falso.
Regina Mª Telles

Anônimo disse...

ABSURDO ESSA NOSSA VARA DA FAMILIA
VE O PAI, COMO UM MERO PAGADOR DE PENSÃO...
O BRASIL REALMENTE É O PAIS DO POVO ATRASADO.

Anônimo disse...

O que há com a (in)justiça brasileira? Primeira dá abrigo a terrorista, agora dá abrigo a sequestrador... mas cubanos honestos que querem ter uma vida melhor são sumariamente deportados. Claramente, até onde sabemos, a mãe jamais fez qualquer queixa contra esse pai... que é pai. Uma vez que a mãe morreu, o pai tem todo direito de ter seu filho de volta. Se a família materna acha que ele não tem condições de ficar com a criança que vá brigar na justiça para ter o garoto com eles, agora não dá pra ser decidido na marra. Mas uma vez nossa justiça dá um show de incompetência, corrupção e desonestidade.

alinhavando o tempo disse...

Acompanho o caso desde o início e bem de perto. Posso garantir a todos que David luta incessantemente por seu filho desde que sua ex-esposa comunicou que não voltaria para casa. As informações que se noticiam são de interesse apenas da família da mãe do garoto.Infelizmente a in-"justiça" brasileira é de matar qualquer um ! Dá vergonha de ler os argumentos do pai afetivo exatamente por saber que ele é de renomada família de advogados do Rio de Janeiro. Mais do que ninguém ele sabe exatamente o que é correto para ser feito, mas a "birra"... fala mais alto. Nessa hora acaba a civilidade dos homens. O engraçado é que qualquer mortal sem poderio algum neste Brasil, vai para atrás das grades por desobedecer ordens judiciais, mas o advogado carioca... Por ordem até natural da vida, a criança deve ir para seu pai biológico, na falta da mãe. E que as famílias depois entrem em algum acordo,(aí fica engraçado, as coisas se invertendo na ordem!) e que a lei se faça presente, afinal o garoto não é filho de chocadeira, ele tem seu pai vivo e batalhador para pelo menos conseguir visitar o filho, o que sempre foi impedido pela sua mãe e seu segundo marido. Nossa lei, nossos governantes são de uma volatibilidade estupenda, que o diga o "asilado" Batistti...

ANJOS ADVOGADOS disse...

Me causa estranheza uma mulher não querer voltar para o lar que ela desejou constituir - NÃO É DE SUA NATUREZA - aí tem, tudo tem que ser avaliado.
Eu acho esse cabra um oportunista, ele já ganhou e está ganhando muito dinheiro com essa história toda... que amor é esse... estranho...

Jéssica disse...

Acho sinceramente que ele tem plenos direitos de cuidar do filho agora que a mae biologica morreu nao tem o que decidir... Justiça nenhuma pode tirar de um Pai a guarda de seu filho. Se uma mae pode ter a guarda pq nao o pai? A mae faleceu infeslimente. e pela reportagem que vi no Fantastico, eu creio que ele viveu mais com o ai do que com a mae ja que o pai tinha um prorpio negocio e vivia mais em casa... a ideia de eles acharem que David esta atras de uma herança e ridiculo. ja pensou que quem esta com essa ideia seria o padrasto... Estou do lado dele. e torçao pra que ele consiga a guarda da criança. Eles falam de problemas psicologicos por que o minino vai pra outro pais??? e o trauma que ele vive estando longe do pai achando que o mesmo nao quer nem ve-lo?

Karina disse...

Já havia lido sobre o caso na internet, e ontem uma reportagem no Fantástico. É difícil entender o porquê da família da falecida Bianchi estar hagindo dessa maneira. Será mesmo,que o Sr. Goldmann é uma pessoa incapaz de criar seu filho? E este padrasto, porque ele tem direito de ficar com a criança? O Brasil, tem um grave problema de beneficiar os favorecidos financeiramente, é lamentável a nossa justiça!

Francine Clayre disse...

Ridiculo! Alguem esta se importando com o garoto? Todos estão tão preocupados com o pai, USA, Brasil, quem ganha? mas nimguem se perguntou como deve ser para um garoto de oito anos, perder a mãe, mudar de pais, de familia, ficar com o padrasto ou melhor,oque ele esta sentindo?. Vai ver que uma criança não sabe indentificar alegria e tristeza ou os interesses dos adultos e dos paises envolvidos seja a prioridade. Me pergunto,se o prazer que as pessoa tem em ganhar e dizer (eu tenho razão) ja chegou a este ponto?

Anônimo disse...

Eu vi areportagem no fantastico e fiquei curiosa por mais noticias agora analizando por longe, q estou penso q pode sim deixa-lo levar a criança mas se ele for avaliado e mantendo uma fiscalização no cotidiano dele com o filho.Ele pode se um psicopata, ele esta agindo com muita insistencia e isso pode ser porque o dinheiro q ele esta ganhando com a imagem do filho, esta mesmo mezendo com o QI dele. E se a namorada dele tbm não cuidar bem do filho dele? e aí? quem podera responder isso? acho q se a mae não suportou ele é que ele não deve ser essa joia que estaõ vendendo naõ.

Ricardo disse...

Sra Anonimo... é uma pena que ainda encontremos pessoas com este tipo de pensamento. Vamos imaginar o inverso. A mãe americana e o pai brasileiro vem ao Brasil de férias e pede o divórcio. Ele entra com pedido de guarda. Primeiro, será que ele consegueria a guarda? O que você como mãe do outro lado da terra estaria sentindo? Seu marido diz que vai viajar de férias e chegando no seu destino liga pedindo o divórcio. Devido a morosidade da justiça seu filho se apega a nova namorada dele. Reflita.....

Ah, e tem mais, se ela quis se separar dele o que o filho tem haver com isso. Você é casada? Se seu marido pede a separação quer dizer então que você não é lá essas coisas? Ex marido Ex mulher, não existe Ex filho....

Anônimo disse...

david estou com voce, força e determinaçao meu amigo

Anônimo disse...

Eu acredito que a família da Bruna deve ter pressionado ela a deixar o marido. A vida deles deveria estar difícil (e quem vive as mil maravilhas quando se tem uma criança pequena? Faz parte.)Daí a burra acabou arrumando um namorado e optou pela boa vida que ia ter no Rio. Não pensou nem um minuto no filho, na privação do pai etc.
Em resumo, foi uma egoísta, mas a vida dá voltas, e agora a sua própria mãe corre o risco de sofrer a mesma coisa que o genro, incrível,não?

Anônimo disse...

QUANDO TOMEI CONHECIMENTO DO CASO NO FANTÁSTICO, FIQUEI EXTREMAMENTE PREOCUPADO, POIS, ATÉ ONDE ESSA HISTÓRIA DE QUE MÃE É MÃE PODE CHEGAR. QUE ABSURDO! SÓ PQ O CASAL PASSOU POR ALGUNS DESENTENDIMENTOS??? QUAL O CASAL NORMAL QUE NÃO PASSA POR ISSO??? RELACIONAMENTOS CONJUGAIS TÊM ALTOS E BAIXOS, E NÃO SÓ ESSES. ELA PRIVOU UM PAI DE DESFRUTAR MOMENTOS TÃO VALIOSOS AO LADO DE UM FILHO, QUE PELAS FOTOS E VÍDEOS, COMO PUDE VER, ERAM MUITO FELIZES JUNTOS. EU SEI O QUE É TER UM PAI AUSENTE. E O QUE VI MOSTRAVA QUE O GRINGO NÃO SE TRATAVA DE UM.

MÃE É MÃE... E PAI É PAI...

Guilherme disse...

a justiça brasileira é mesmo um absurdo!

SELETO disse...

Sou cristão e entendo que Bruna praticou adultério e como diz o evangelho: "Ai das que estiverem grávidas e derem a luz no dia da vistação", ela teve oportunidades, mas não as aproveitou e no momento da visitação do Senhor Jesus Cristo, o que ela tinha preparado para o Senhor? Nada, apenas o fruto do adutério. A mulher poderá se salvar dando luz a filhos, mas a menina ficou para ensinar alguma coisa ao parente por afinidade, padrasto, e aos demais parentes consaguíneos de segundo grau em diante. O David Goldman é parente de primeiro grau do menino Sean, além do fato de ter conduta ilibada, sem mácula. O que falar sobre o Poder Judiciário brasileiro? Ainda outro dia o Ministro Joaquim Barbosa disse para o rival, Ministro Gilmar Mendes, que o povo não acredita mais na justiça brasileira. Eles mesmos se ofendem e isso é muito feio, pobre e asqueroso. Eu tenho necessidade de me apegar a Bíblia por essas e outras razões, mas não defendo nenhuma bandeira religiosa, apenas não me indigno por causa de pessoas assim do baixo nível dessa gente do mal. Entendo, ainda, que os Estados Unidos da América pedirá a notificação do Brasil ao Depositário da Convençaõ de Haia, por não tê-la cumprido. Entendo, também, que o Ministro Marco Aurélio Mello quer alimentar sua própria vaidade mais uma vez e isso é porque existem pessoas que se unem para praticar o mal, haja vista que não têm temor ao Senhor Jesus. Sean crescerá e verá que infelizmente sua mão foi tola, o padrasto é um infeliz e toda aqueles que tentaram separá-lo do pai dele, com ajuda das autoridades brasileiras, são malfeitores. Isso porque, o Senhor Deus não se deixa escarnecer e tudo o que o homem semear isso também ceifará. Bruna foi ceifada da mesma forma que o padrasto a retirou de David. Essas palavras podem não ser moderadas ao crivo do autor do blog, mas é como vejo a questão do menino Sean. Colhe-se o que se planta. Sou muito feliz e louvo a Deus por tudo, principalmente pelo fato do Senhor me fazer ver o que é o espírito do erro que o Apóstolo menciona na Bíblia. Vivo orando para que o Senhor me abençoe, me faça prosperar, me proteja com Suas mãos de poder e não deixe o mal me afligir. Deus abençoe a todos.

cicero disse...

Infelizmente aqui no Brasil,o sobrenome e o círculo de relacionamentos interfere na aplicação das leis,interfere na justiça,enfim,interfere nas decisões.Está claro que este ministro bionico decidiu que o menino deve ficar no Brasil porque é amigo da família Lins e Silva.A elite podre brasileira vive se protegendo entre sí e trocando favores.É vergonhoso,o mundo deveria aplicar sanções de todos os tipos ao nosso "digno e honrado" país.

Ravanhane disse...

O que eu acho é que deveriam levar em consideração o que a criança quer, o que ele deseja, mesmo que digam que ele é muito novo para saber o que quer.Se as crianças fossem ouvidas com respeito muitas das maldades que ocorrem com esses pequenos poderiam ser evitadas.Não importa quem é o pai biológico, se esse pai realmente o ama deve respeitar sua vontade mesmo que isso o faça sofrer, com todas essas turbulências pensa como deve estar a cabeça dessa criança?Pai que é pai quer o melhor para seu filho mesmo que isso implique em abrir mão de estar ao seu lado diariamente.Todo esse transtorno poderia ter logo um fim se esse pai parasse para ouvir seu filho.Se ele quer ficar no Brasil deixe ele ficar, tudo tem seu tempo e poderá chegar o dia em que ele por suas próprias pernas irá procurar seu pai, se realmente houve amor, carinho, no tempo em que eles passaram juntos esse sentimento jamais se apagará, assim como marcas de sofrimento também não se apagam.

Um Pai disse...

SR(a) Ravanhane,

Este entendimento é muito sábio se você olha para este acontecimento da metade para frente sem olhar o todo. Esta vontade de Sean não é espontânea e sim manipulada pelo seu padrasto e familiares. Esta criança não teve o direito de conviver com seu pai e além do mais ela não pode ser responsável pelo seu destino. Esta criança foi brutalmente retirada da convivência com o pai e você já deve ter ouvido falar em ALIENAÇÃO PARENTAL. Procure ler um pouco sobre e depois reflita este seu entendimento. Se coloque no lugar desse pai, e imagine se seu ex-marido fugisse com seu filho e o impedisse de conviver com ele.

Sean foi manipulado, não tem vontade própria e neste caso não está prevalecendo o melhor interesse da criança e sim o melhor interesse de um adulto que se através de manobras processuais conseguiu manter David afastado todos esses anos.

Ravanhane disse...

Um Pai.

O que vc acha?Que essa criança não sabe no fundo do seu coração o que esta acontecendo?Vc acha que ela não sente quem a ama?Vc acha que ela não se lembra dos momentos que passou ao lado do seu pai?Uma semente quando bem plantada pode demorar para nascer, mas fica lá esperando para despontar.Se a justiça concedeu que o pai pode ficar com o seu filho durante a semana porque esse pai já não esta aqui no Brasil, mesmo correndo o risco da outra família recorrer, para um Pai que esta distante tanto tempo de seu filho, mesmo que fosse 3 horas para ficar ao seu lado já seria importante para matar a saudade e dar carinho, amor, etc.Mesmo que depois ele não fosse ficar definitivamente com a criança.Essa é minha opinião.Se fosse eu no lugar desse pai, já estaria aqui no Brasil depois da decisão da justiça, iria querer ficar com meu filho nem que fosse por breves instantes, pegar ele no colo, passar as mãos por seu cabelos, etc.Iria querer aproveitar cada instante em que fosse possível tê-lo ao meu lado.Sei muito bem o que é Alienação Parental, não somente na teoria.Nem tudo que parece ser aos olhos dos outros realmente é.

Anônimo disse...

A mãe da criança em questão teve este filho com David obrigada? por interesse em ter dupla cidadania?
Bom, se ela era, no mínimo decente como dizem, ela se casou e teve este filho por amor. Então, como tantos outros relacionamentos, o amor acabou e ela deve ter sentido a necessidade de voltar para o seio familiar. Só que neste meio tinha uma criança... Como tantos outros casamentos a criança sofre de todo o jeito. Agora que a mãe faleceu, a família da mãe deveria por princípios éticos procurar mostrar a esta criança com todo o carinho que ela tem um pai que a ama e a quer( mesmo que achem que não tem ) pois neste momento seria menos sofrido para ela perceber que voltar a viver com o pai é uma situação natural a acontecer com todas as crianças que perdem a mãe ou o pai. Ficaria uma situação tranquila ela perceber que poderia vir ao Brasil tantas vezes quisesse, como tb receber seus parentes em sua casa em NJ. Mas o egoísmo e a vaidade se supera não só nesta como na maioria dos casos de separação. Mais uma vez perceberemos uma criança crescendo e se tornando um adolescente com alto potencial em se tornar rebelde e refém deste choque emocional a que está exposta. mUITO TRISTE...

Regina disse...

Para Ravanhane: é muito fácil quando o problema não é com a gente. Por isso essa sua opinião descabida de que o menino deve permanecer no Brasil e o pai ficar aqui para acariciá-lo. O garoto foi SEQUESTRADO,sua mãe morreu, óbvio que o direito de criá-lo é de seu pai biológico e não de padrastro ou avó. Passe pela mesma situação, tenha um filho sequestrado e dê razão a quem o tirou de você.

Anônimo disse...

Até que enfim a Justiça foi feita.... Sean volte para o USA que é o seu verdadeiro lugar e não aqui no Brasil com um cara que não tem nenhum parentesco com voce!!

Anônimo disse...

ESTA CRIANÇA TEM QUE VOLTAR PARA O SEU PAI BIOLÓGICO, NÃO IMPORTA QUE A AVÓ OU PADRASTO TENHAM RRECURSOS, DINHEIRO E POSIÇÃO, É UMA AFRONTA AO DIREITO DE PATERNIDADE E MATERNIDADE DAR UMA TUTELA A UM PADRATO E PRETERIR O PAI VERDADEIRO...SÓ NO BRASIL CORRUPTO E INJUST ONDE VALE QUEM PAGA MAIS É QUE ACONTECE ISTO, MAS A JUSTIÇA DE DEUS PREVELACERÁ E SEAN SERÁ DEVOLVIDO À SUA PÁTYRIA, AO SEU PAI E À SUA ORIGEM...POIS A MÃE ERA BRASILEIRA MAS JÁ FALECEU E OS AVÓS, QUE TEM TANTO PODER E DINHEIRO PODEM MUITO BEM VISITÁ-LO NOS ESTADOS UNIDOS, ENTÃO QUE SE FAÇA JUSTIÇA...POIS SE FOSSE O CONTRÁRIO QUAL JUSTIÇA DIANTE DE UM PAI MORTO DARIA À MADRASTA MAIS DIREITO DO QUE À MÃE! VAMOS AMADURECER, REVER NOSSOS CONCEITOS E PARAR DE PERTURBAR A CABECINHA DESTA CRIANÇA QUE NÃO MERECE PASSAR POR ISTO!!!!!